28.1.07

Videogames como Interfaces

(...) O que aconteceria se quiséssemos intencionalmente projetar interfaces na forma de videogames? E se a interface for propositalmente um jogo para desafiar o usuário?

Existem exemplos interessantes que seguem esse tipo de pensamento, e não só na área de produção de sites. É o caso do trabalho de Dennis Chao, que usa o jogo Doom como metáfora para a administração de sistemas em Linux.

Depois que a ID Software liberou o código original do jogo, Chao criou uma adaptação dele para gerenciar tarefas em uma rede, então o comando "kill", que funciona como metáfora para destruir um processo em andamento, torna-se óbvio visualmente para o administrador do sistema. Vale a pena conferir o artigo completo, que contém explicações muito mais detalhadas.

Outro exemplo de jogo como interface é o site do designer de
games e pesquisador Steffen P. Walz, onde todo o menu foi transformado em 4 jogos simples, e é possivel acessar cada área do site de diversas maneiras diferentes: atirando, clicando, ou rebatendo uma bola na seção correspondente.

Ele brinca chamando o conceito browse-by-playing de "navigame" ou "playvigate", e seu site é cheio de artigos e projetos interessantes sobre pesquisa em games.

(...)

Enfim, o videogame como interface, ou navigame (que é uma ótima palavra que passarei a adotar de hoje em diante), é um híbrido entre duas áreas que me interessam bastante, os videogames e a arquitetura da informação, e pode ser um excelente meio de tornar interfaces mais acessíveis (como no caso da experiência de Dennis Chao com Doom, que é sem dúvida menos assustador do que uma tela preta esperando linhas de código) ou simplesmente torná-las mais intensas e interativas para o usuário...

:: Leia mais no Hipergame.

Marcadores: , ,

Adicionar esta notícia no Linkk
:: Procurando games em Flash? Que tal jogar agora no GameOZ.org

1 Comentários

At 28/01/2007 22:34, Blogger Diego disse aqui no GameReporter.org...

Interessante esse tipo de interface, tem até uns filmes mais antigos onde os caras acessam dados e invadem servidores usando realidade virtual ao invés de comandos no console.

O CubaGames postou um dia desses um vídeo e se você visitar o site do criador Logder.tv irá encontrar um caça-níqueis no lugar do menu pra assistir às animações.

 

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home

n