18.8.06

Abragames na GC 2006

Por Alessandra De Falco

De 23 a 26 deste mês, a Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos (Abragames) participa da Games Convention 2006 (GC) que acontece em Leipzig, Alemanha. Através do estande localizado no Business Center, espaço reservado para a realização de negócios, o consultor Bernardo Manfredini, indicará soluções para as demandas das companhias estrangeiras. “Falarei com publishers, apresentarei produtos prontos para serem distribuídos, e com desenvolvedores que necessitam terceirizar parte de sua produção”, diz Manfredini.

Além de associações como a Abragames no Business Center, encontram-se estandes de publishers, produtoras, fabricantes de hardware, entre outras. Por isso, o principal objetivo do consultor é agendar reuniões com empresas como: Electronic Arts, Actvision, Nitendo, Microsoft, Sony, Ubsoft, Konami, THQ, Take 2, ATI, Blizzard, Macromedia, Vivendi entre outras. “Embora cada empresa esteja em um estágio diferente - algumas já têm relações comerciais com parceiros no exterior -, é uma oportunidade de marcar presença neste que é o segundo maior evento do setor no mundo”, afirma Bernardo Manfredini, consultor que representará a Abragames na feira.

No estande será apresentado material de divulgação impresso e eletrônico das empresas brasileiras interessadas em expandir seus negócios no exterior. São elas: Délirus, Devworks, Ene Solutions, Insolita Studios, Interama, Jynx, Locz, Oniria, Outline, O2games, Southlogic e Tec Toy Digital. Empresas que desenvolvem jogos para as plataformas PC, console, celular e web. Como os modelos e estratégias de negócio das desenvolvedoras brasileiras são diversos, outras oportunidades poderão surgir durante a feira. “É um passo importante para construir a imagem da produção nacional junto àqueles que fazem parte da indústria internacional. É uma oportunidade para mostrar como está a produção no Brasil e como tem sido o crescimento desse setor nos últimos anos”, afirma Manfredini.

Mesmo com representante oficial na feira, alguns diretores das empresas associadas ainda optaram por participar pessoalmente do evento. Segundo, André Penha, diretor executivo da Délirus, esta ação pode render contatos mais diretos com empresas de outros países, que podem gerar negócios mais imediatos. Entre os dias 21 e 23 de agosto, Penha participa da GC Developers Conference, conferência que antecede a Games Convetion. Durante o evento, que é uma oportunidade para trocar experiências internacionais, são apresentadas palestras sobre desenvolvimento e negócios em games.

Para Juliano Alves, da OniriaSoft, a empresa passa por várias mudanças, novas parcerias e oportunidades estão sendo criadas, tanto no Brasil como no exterior, por isso a necessidade da presença na feira. Já a Outline acredita que com a participação na GC ganhará mais experiência no mercado internacional. As duas empresas distribuirão cópias de demos de seus jogos: Warbots, da Délirus e Ayri – Uma Lenda Amazônica, da Outline. Segundo Sylker Teles, CEO e Game Designer da Outline, a GC representa um excelente momento para se integrar com desenvolvedores do mundo e trocar experiências valiosas sobre o comportamento do mercado e os futuros caminhos da indústria de entretenimento digital.

Essa ação da Abragames tem o apoio da Agência de Promoção de Exportação e Investimentos (APEX-Brasil), organização não governamental encarregada de executar a política de exportação brasileira, e da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), organização civil dedicada à promoção da excelência da indústria brasileira de software, que investiram em torno de 60 mil reais. Além do apoio financeiro, a Softex colaborou através do suporte operacional de sua equipe, especializada em eventos no Brasil e no exterior.

“Estar presente em um evento desta magnitude, que terá mais de 360 expositores de todo o mundo e cerca de 130 mil visitantes, é uma oportunidade excepcional para as nossas empresas apresentarem a qualidade e a criatividade de seus produtos”, analisa Charles Schramm, gerente de desenvolvimento de negócios internacionais da SOFTEX.

A participação na GC é a primeira iniciativa do grupo de empresas de Games do PSI-SW (Projeto Setorial Integrado de Software), o maior plano de internacionalização de empresas brasileiras produtoras de software e prestadoras de serviços correlatos já implementado no país. Reunindo 103 empresas divididas em 10 verticais de atuação, ele é gerenciado pela SOFTEX com o apoio técnico e financeiro da APEX-Brasil. Em dezembro, está prevista a participação em mais um evento de Games, desta vez na França.

Empresas que participam da GC 2006

• Délirus Entertainment (SP)
A Délirus Entertainment, empresa focada em mídias interativas, unindo jogos eletrônicos a anúncios comerciais, desenvolve games para PC e produz ferramentas e tecnologia em games. A empresa, incubada na Companhia do Pólo de Alta Tecnologia de Campinas (CIATEC), oferece advergames para os diversos meios como web, TV e distribuição em CD-ROM.

• Devworks (SP)
A Devworks atua no mercado de desenvolvimento de jogos desde 2001, trabalhando com diversas plataformas como: internet, celular e PC. Já desenvolveu mais de 200 webgames, 25 jogos para celular em J2ME e BREW. Em 2003, a empresa lançou o jogo casual Bears & Bees distribuído pela E-games na Europa e nos Estados Unidos. Já em 2005, lançou o site de jogos casuais multiplayer Gametrack, que conta com diversos títulos conhecidos no Brasil como War, Imagem e Ação e Rummikub.

• Ene Solutions (SP)
A Ene Solutions é uma produtora de computação gráfica, efeitos especiais e desenvolvimento de games. O grupo possui as seguintes divisões: Ene 3D – visual fx, art outsourcing; Ene Games – game development; Ene Training – consulting, 3d and 2d training, tutorials, workshops, dvd training videos. A empresa oferece os seguintes serviços: concept design; storyboard; ilustração 2D e 3D; design de personagens, criaturas, ambientes, equipamentos e veículos; desenvolvimento de texturas, efeitos especiais, vídeo design e composição de vídeo; e direção de arte.

• Insolita Studios (SP)
A Insolita Studios é vencedora do concurso JogosBR 2006 na categoria Jogos Completos de Baixo Orçamento com o jogo CaveDays. Com experiência anterior nos mercados de advergames e serious games, a empresa dedica-se integralmente ao mercado de entretenimento.

• Interama (ES)
A Interama, criada a partir da vitória na Edição 2004/2005 do Concurso JogosBR, foca o desenvolvimento de jogos eletrônicos 3D. Também venceu o Concurso Uniempreendedor 2005 para jovens empreendedores e a Edição 2006 do Concurso JogosBR, na modalidade Demos Jogáveis.

• Jynx Playware (PE)
Criada em janeiro de 2000, a Jynx Playware é pioneira no desenvolvimento de serious games, tendo trabalhado para empresas como Coca-Cola Company, MTV, Showtime, Goodyear, Brasil Telecom e SEBRAE. Produz advergames para grandes campanhas de marketing e simulações para treinamentos empresariais e institucionais.

• LocZ Tecnologia Multimídia (SP)
A LocZ Tecnologia Multimídia é um estúdio focado em desenvolvimento, distribuição, porting e localização de jogos (Português e Espanhol) em BREW e J2ME. A empresa já recebeu investimentos do SK Group, terceiro maior grupo de empresas na Coréia do Sul.

• OniriaSoft (PR)
A OniriaSoft é uma sociedade dedicada ao desenvolvimento, comercialização, difusão, representação de tecnologia em informática e entretenimento digital para as plataformas internet, mobile, console e PC. A OniriaStudios é uma divisão no desenvolvimento de softwares de entretenimento.

• Outline Interactive (AM)
A Outline Interactive, incubada na Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (FUCAPI), é uma empresa de design voltada especificamente para a área de desenvolvimento de jogos eletrônicos para PC e dispositivos móveis. Seus principais produtos são: advergames e maquetes virtuais eletrônicas.

• O2games (MG)
Fundada em dezembro de 2005, a O2 Games desenvolve sistemas e projetos de tecnologia com objetivo de proporcionar entretenimento, conhecimento, diversão e informação através da internet e jogos eletrônicos.

• Southlogic Studios (RS)
A Southlogic Studios trabalha com outsourcing, porting, concept art e projetos de jogos completos. A empresa tem produzido jogos para Xbox360, PS3, PSP, PS2, Xbox, GameCube e PC, contribuindo com diversos publishers.

• Tec Toy Digital (SP)
A Tec Toy Digital é um estúdio de desenvolvimento da Tec Toy Móbile, especializada em porting de jogos para celular para JAVA e Brew para a América do Sul, além de desenvolver jogos sob demanda.

Mais informações: visite o site da Abragames

Adicionar esta notícia no Linkk
:: Procurando games em Flash? Que tal jogar agora no GameOZ.org

0 Comentários

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home

n