16.7.07

Quando resenhas e vendas concordam

Sucesso de crítica, no mundo dos games, é quase sempre sucesso de público; o que não acontece em cinema e música

Leia a matéria completa no Link do Estadão

Nesta primavera (no Hemisfério Norte), um analista de jogos chamado Ben Schachter publicou um texto incomum, com um título provocante: “A Qualidade dos Games Influencia nas Vendas?”.

Para descobrir isso, Schatcher e sua equipe examinaram dados de mais de 1.500 jogos lançados entre 2002 e 2005, procurando correlações entre as vendas e as notas dos jogos no Gamerankings.com, que compila resenhas de muitas publicações impressas e online atribuindo-lhes uma nota entre 1 e 100. Os jogos mais bem classificados vendem mais do que os ruins.

Parece óbvio, não? Vamos com calma. O ângulo interessante é que, se você analisar os filmes e a música pop, por exemplo, vai verificar que quase não há correlação entre o que os críticos dizem e o que as pessoas compram. Isso talvez seja porque os ingressos para o cinema e os downloads do iTunes custam relativamente tão pouco que muitas pessoas simplesmente ignoram as críticas sobre cinema e música popular. Mas parece existir uma pequena guerra civil que cozinha em banho-maria há décadas, com a crítica de um lado e o mercado de massa do outro.

Mesmo assim, no momento em que os líderes da indústria de games se reuniam em em Santa Monica, na semana, passada para sua principal conferência anual, vale a pena perguntar: será que os jogadores têm mais discernimento que os consumidores de outras mídias? Ou será que os críticos de games têm mais em comum com os jogadores do que os de filmes e música têm com massas plebéias? E será que isso é bom ou ruim para a saúde da indústria de games?

:: A fonte: leia a matéria completa no Link do Estadão

Adicionar esta notícia no Linkk
:: Procurando games em Flash? Que tal jogar agora no GameOZ.org

0 Comentários

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home

n