5.12.06

The Spoiller: mais um game nacional

The Spoiller é um jogo gratuito de aventura no estilo apontar e clicar que mistura investigação e ação em um tribunal. Você entra na pele do advogado Gaspar Biz que tem como missão defender seu cliente, Carlson Bekker, único suspeito do crime de sua ex-namorada.

No jogo, seu trabalho não será nada fácil. Durante os três dias de investigação, as coisas se tornam cada vez mais complicadas. No tribunal, o veredito não depende apenas do resultado da investigação. A forma que você conduz o seu caso, tem grande peso na decisão dos jurados. O game é uma produção nacional e pode ser baixado aqui.

:: O site: The Spoiler

Marcadores:

Adicionar esta notícia no Linkk
:: Procurando games em Flash? Que tal jogar agora no GameOZ.org

13 Comentários

At 05/12/2006 23:17, Blogger Verbal disse aqui no GameReporter.org...

Estou baixando..

não entendi o que é um jogo 'apontar e clicar'

veremos!

 
At 05/12/2006 23:40, Blogger Rulico disse aqui no GameReporter.org...

embora considere jogos de 'apontar e clicar' um pouco datados estou baixando pra ver qual é a do jogo.. depois posto os comentários =)

 
At 06/12/2006 14:52, Anonymous El Fon disse aqui no GameReporter.org...

Xi que bacana

 
At 07/12/2006 11:24, Anonymous SpY disse aqui no GameReporter.org...

Até baixaria, se o cara desse valor ao que realmente é ... seu o jogo é nacional porque do nome em inglês.. esse é UM dos motivos que os nossos jogos não vão pra frente.

 
At 07/12/2006 17:37, Blogger Renata Gomes disse aqui no GameReporter.org...

rapaz, eu ia fazer a pergunta que o spy fez. não consigo entender por que um jogo nacional tem um nome em outra língua. é o mesmo que uma novela da globo ser snakes & lizzards, o filme do fernando meirelles ser city of god. a menos que seja exclusivamente pra o mercado exterior, caso no qual, me parece, nem devia se chamar game nacional...

o que você acha, caro dolemes? :)

 
At 07/12/2006 18:07, Blogger Dolemes disse aqui no GameReporter.org...

Renata, querida

É muito bom te encontrar aqui no GameReporter... :)

Então, fico sempre intigrado com esse fato, já me fez pensar muito e confesso que ainda não tenho uma resposta. Mas posso listar algumas breves reflexões:

1 - A cultura do informática, da internet, do software, enfim... muitas tranquitanas desses mundo tecnológico possuem nomes em inglês, acho que isso deve exercer uma grande influência aos criadores de games. É o meio influenciando a criação, não?

2 - Empresas que desenvolvem games para o mercado externo precisam de um produto em outra língua (aqui no caso, o inglês) para comercializar seus produtos. Veja como exemplo, a Insólita Studios, de São Paulo, que vai começar a comercializar o CaveDays (http://www.cavedays.com/) agora em dezembro.

E coloco uma pergunta: uma empresa que desenvolve para o exterior não pode ser considerada uma desenvolvedoras de games nacionais?

 
At 07/12/2006 20:31, Blogger Renata Gomes disse aqui no GameReporter.org...

grande david,

é... são ótimas questões. me parece que há muitas explicações e justificativas, até lógicas e aceitáveis. a tal "influência" existe, mas não é só na área tecnológica. nela, me parece, o fato de tudo ser muito novo e 99% estrangeiro torna tudo muito mais difícil, mas o que não dá é pra aceitar a aculturação como um processo natural e sem conseqüências potencialmente ruins.

qto às empresas que produzem para o mercado estrangeiro... elas são, certamente, nacionais. se os games que elas produzem podem ser chamados de "games brasileiros", aí já é uma outra questão. se um cineasta brasileiro fizesse um filme em inglês, passado em cenários "neutros", com personagens americanos, para um mercado "estrangeiro", eu não chamaria o filme de brasileiro. assim, não consigo olhar para um game que não tem nada da minha cultura e chamá-lo de brasileiro também.

uma coisa é certa: tudo isso é reflexo da nossa indústria capenga, de nosso parco acesso à educação formal e etc. justamente por isso, é preciso trazer essa discussão a tona. ;)

 
At 08/12/2006 15:40, Blogger Verbal disse aqui no GameReporter.org...

Bom, até poderia levar em conta o comentário do 'spy', mas ele é um brasileiro e usa um nome em ingles. Deveria se chamar ESPIÃO, oras!

Sobre a qualidade do game, prefiro comentar depois, assim que conseguir jogar.

O fato de ter um nome em ingles, não tira a originalidade do produto. Foi feito por brasileiros e no nosso territorio, então é um produto brazuca.

Vivemos num mundo globalizado e internético, e ingles é a lingua oficial desse mundo.

Recentemente um novo MMORPG Chines que será lançado em breve teve que mudar o seu nome, pois o nome em chines era dificil pronunciar. E adivinha qual lingua escolheram? ingles. Vou postar depois o site do game, pois não estou achando agora.

;)

 
At 09/12/2006 00:27, Anonymous THE SPOILER disse aqui no GameReporter.org...

Olá, sou da equipe de criação do jogo THE SPOILER e, antes de tudo, muito obrigado pela divulgação!

Sobre o nome do jogo ser em inglês: trata-se de uma expressão em inglês sem referência em português e de vários significados. Cada significado exemplifica uma possível interpretação do mistério do jogo no decorrer da história. Portanto, não é uma escolha simples, uma simples tradução, mas uma escolha temática - de um termo que coincidentemente fez sentido durante a concepção da história.

Vale lembrar que esta é a única expressão em inglês no jogo, cuja razão é justificada tanto no site, como no manual e na tela inícial do jogo, porque pensamos exatamente como vocês nesse sentido. Espero que vocês dêem uma segunda chance ao nosso trabalho e baixe o jogo. Mais uma vez, obrigado. Att, BEWARE THE LADYBEETLE

 
At 09/12/2006 10:55, Anonymous Flavio disse aqui no GameReporter.org...

Talvez nomes em idioma estrangeiro chamem mais a atenção.

E facilitam a comercialiação em outros países.

Ficar no questionamento de não jogar um jogo nacional pq tem nome estrangeiro é andar em círculos. Se o jogo é bom, não importa o nome.

É como comer no McDonalds, BugerKing, OutBack, Pizza Hut, no Angelo ou no Acacio. A gente come quando é bom, se for ruim a gente nunca mais pisa na loja.

 
At 10/12/2006 12:10, Blogger stephan disse aqui no GameReporter.org...

Joguei ele todo, mas senti dificuldades para conseguir provas mais substanciais. Nao consegui vencer o julgamento e terminei o jogo sem descobrir o verdadeiro assassino. No que se refere as associações dos depoimentos das testemunhas, achei muito dificil e nao consegui provas por meio desse mecanismo. O tempo de protesto no julgamento é muito curto, o que me fez cometer muitos erros. Vale a pena baixar o jogo. O jogo te prende na frente do computador, mas nao é nada facil.

 
At 11/12/2006 10:53, Blogger Dolemes disse aqui no GameReporter.org...

Caros desenvolvedor...

Voces pretendem lançar o jogo comercialmente?

 
At 11/12/2006 14:16, Anonymous THESPOILER disse aqui no GameReporter.org...

Oi "stephan", você poderia nos mandar um email? Gostaríamos de colocar seu depoimento no site. Obrigado.

Para "dolemes": sobre THE SPOILER, não. Vamos deixá-lo free mesmo, como experiência e divulgação. Mas temos um outro projeto maior em desenvolvimento, na linha doom 3 e silent hill series, que terá perspectiva comercial. Um abraço.

nosso email, entrem em contato: bewaretheladybeetle@gmail.com

 

Postar um comentário

Links para este post:

Criar um link

<< Home

n